terça-feira, 27 de julho de 2010

Vermelhou

Por: Felipe Simi


Fernando Alonso até ganhou a corrida, mas não foi, sozinho, o protagonista do último Grande Prêmio de Fórmula 1, o 11º da temporada, disputado no fim de semana passado, em Hockenheim, na Alemanha. No pódio, ele dividiu as atenções do mundo inteiro com o companheiro de equipe, Felipe Massa, e sua escuderia, a Ferrari.

É que, na 49ª volta, Massa deu a vitória da prova à Alonso depois de ouvir da equipe, pelo rádio, que estava mais lento na pista. A manobra deixou o espanhol vivo na briga pelo título mundial, só que a Ferrari, logo após o champagne, acabou multada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) em US$ 100 mil.

A entidade máxima da categoria disse também que não vai anular o GP, embora queira julgar o caso no Conselho Mundial. O time de Maranello está sendo acusado de quebrar a regra 39.1 do regulamento, que diz: “ordens de equipes que interfiram no resultado de uma corrida são proibidas”. O que, segundo eles, não aconteceu.

O Fernando estava um pouco mais rápido naquele momento, e nós apenas informamos os pilotos disso. Não demos instrução nenhuma.
Luca Colajanni, diretor de comunicações da Ferrari

A decisão foi minha. Se não, ele não teria passado. Pensei no melhor para a equipe e, nesse momento, o que mais conta são os pontos.
Felipe Massa, piloto da Ferrari

É como o Felipe disse: nós trabalhamos para empresas, para times e, hoje, a Ferrari colocou 42 pontos no bolso. É isso o que importa.
Fernando Alonso, piloto da Ferrari



Imagem: Getty Images

4 comentários:

Jurubeba disse...

Vou reproduzir o que escrevi em meu blog, só para agregar ao texto o que penso do assunto:

"...Não sou da turma saudosista que diz que não vê mais depois que o Senna se foi. Muito menos desmereço os que estão hoje competindo. Sofri muito em 1994, e demorei um pouco a voltar a ver as corridas. No entanto, eu sou aficionada por F1 e diferentemente de muitos, gostava do Schumacher e acreditava no Rubinho. Massa nos deu um fio de esperança em 2008, quando quase levou o campeonato. Mas nesse Domingo o esporte ficou menos esporte e mais grana, acordos e jogos internos. Não me digam que ele tem um contrato com a Ferrari e só cumpriu o que pediram. Não deu para 'engolir' o ocorrido, como não foi possível anos atrás quando o Rubinho fez o mesmo!"

Un punk ignorante disse...

Muy bueno el blog, te dejo el mio

http://www.futbolparaentendidos.wordpress.com/

Saludos

Braccini disse...

Parei de acompanhar F1 após o falecimento do Senna. Ainda bem, sofrimento a menos, pois o que se repetiu com o Massa (vide Barrichelo), é inaceitável.
Parabéns pelo blog!
Tem interesse em troca de link e/ou banner?
Futebol – Paixão e Profissão
Abraços,
Vinícius Braccini

Jarni 17 disse...

Buenas!

Soy Jarni 17 de http://reyesdelbalon.blogspot.com/ y me pongo en contacto contigo por si te interesa intercambiar enlaces con mi blog. Ya me hecho seguidor de tu blog, hazte tu seguidor del mio.

Si es así mandame la dirección y el nombre de tu blog para que figure entre mis enlaces.

Un saludo y espero tu respuesta.

BlogBlogs.Com.Br