terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

O Marketing começa a entrar em campo no Brasil

Por: André Pinheiro
Dentro das quatro linhas, o nosso futebol é o melhor do mundo. Fora delas, deixa muito a desejar e precisa evoluir. Porém, os dirigentes brasileiros estão entendendo a importância de um projeto de marketing para o clube. Ter craques atrai dinheiro de várias formas, sendo de patrocínios ou até mesmo no aumento de bilheteria.

A vinda de Ronaldo para o Corinthians foi um marco nesse aspecto. Com ele, o clube alvinegro pode se dar o luxo até de aumentar consideravelmente o preço de seus ingressos (e olha que é o time do povo). Mas o fiel torcedor paga pelo espetáculo, pelo craque, e claro, para não ficar distante de seu time.

Fora isso, o projeto de sócio-torcedor do Timão já é um sucesso. O momento financeiramente é muito bom para um clube que há menos de três anos estava afundado em uma das suas maiores crises, tanto dentro como fora dos gramados. Deu a volta para cima.

Para a temporada de 2010, a diretoria corintiana fechou com o maior patrocínio do país: cerca de 41 milhões com o grupo Hypermarcas. Sem contar os demais patrocínios pelo uniforme. Ronaldo, Roberto Carlos e o centenário foram os atrativos. O valor é o quinto maior do mundo, ficando atrás apenas dos poderosos clubes europeus, como Real Madrid, Bayern de Munique, Liverpool e Manchester United.

Além disso, essa renda pode aumentar se a equipe obtiver sucesso na Copa Libertadores e no Mundial de Clubes. A premiação é boa. Vale lembrar que são empresas que pagam grande parte do salário de Ronaldo, assim como irá acontecer com Robinho no Santos, pelo que garante o presidente do Peixe.

E os bonequinhos dos craques? Ronaldo, Guinãzu e agora Robinho já estão nas lojas. Apesar do preço ‘salgado’ fazem um tremendo sucesso. Com ídolos, a venda de camisas aumenta, a presença do torcedor nos (desconfortáveis) estádio também, e quem ganha com isso é o espetáculo e o caixa dos clubes.

Que aproveitem a presença de Ronaldo, Robinho, Roberto Carlos e Adriano!

Imagem:
ShopTimão

7 comentários:

Thiago Fagnani disse...

Mas, não é só o Corinthians que se destaca no marketing!!

O São Paulo, HÁ MUITO TEMPO, tem um forte trabalho nesta área!

Palmeiras também mudou sua política de marketing,e vem com forte atuação! A novidade é o inédito patrocínio na camisa do técnico!

Abraços

ralphmariano disse...

Oi Sá!
Tenho uma pergunta para os blogueiros:
Quem seriam os 25 do Corinthians para a Libertadores?
Gostaria de saber a sua (Sabrina Machado) opinião e a dos demais...

André Pinheiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
André Pinheiro disse...

Thiago,

O marketing no futebol brasileiro está crescendo como um todo mesmo. Mas o que eu quis mostrar no texto é que vale a pena contratar 'craques', jogadores consagrados. Eles trazem retorno financeiramente, como citei o exemplo do Ronaldo no Corinthians. Tomara que o Santos aproveite a presença do Robinho também.

Valeu, abraços.

Ralph,

Sobre a lista do Corinthians para a Libertadores preciso pensar melhor para não esquecer ninguém. Mas será bem disputada! Depois coloco aqui no blog. Valeu, abraços!

Rafael Zito disse...

Fala Ralph, tudo certo?

Eu tenho a conviccao de 23 dos 25 q serao inscritos. Minhas duvidas sao no meio-de-campo, entre Defederico, Boquita e Morais; e no ataque, entre Souza, Bill e Edno.

Se eu tivesse q arriscar e tentar adivinhar o q o Mano Menezes pensa a lista seria:

Goleiros: Felipe, Júlio Cesar e Rafael Santos
Laterais: Alessandro, Balbuena, Roberto Carlos e Escudero
Zagueiros: William, Chicao, Paulo André, Leandro Castán e Renato
Meio-campistas: Ralf, Marcelo Mattos, Edu, Elias, Jucilei, Tcheco, Danilo, Jorge Henrique e Defederico
Atacantes: Ronaldo, Iarley, Dentinho, Souza

Rafael Zito disse...

Sobre o Marketing, o Corinthians inovou com o projeto de parceria, uma espécie de sociedade entre o clube e o Ronaldo.

Essa inovacao está acarretando em novas e vantajosas receitas para o clube. Com o Robinho, o Santos pretende ir pelo msm caminho, apesar do modelo ser um pouco diferente.

Belo texto pq o assunto é interessante para discutirmos. Um abs pra vc André.

Thiago Fagnani disse...

André Pinheiro,

Só quis lembrar outros exemplos de marketing!

E a inovação do Corinthians é válida sim, sem dúvida!

Grande abraço

Ass: Futuro integrante que participou?

BlogBlogs.Com.Br