terça-feira, 18 de novembro de 2008

Era só o que faltava

Por: Rafael ZitoO futebol já apresentou diversas novidades e lances curiosos. Quando eu pensava que já havia visto de tudo, um lance, no mínimo inusitado, aconteceu no Campeonato Italiano, na rodada do último final de semana. Disputada no estádio Ângelo Massimino, na província de Catania, na região da Sicília, a partida entre Catania e Torino acabou com a vitória do time da casa por 3 a 2. Até aí, nenhuma novidade.
Porém, o segundo gol do Catania ocorreu após uma jogada ensaiada criativa e que gerou polêmica. Em uma cobrança de falta, três jogadores do Catania abaixaram os calções na frente do goleiro Sereni com a intenção de prejudicar a visão do adversário. Se conseguiram ou não, isso não vem ao caso, o fato é que o meia Giuseppe Mascara marcou seu segundo gol dos três que fez no confronto.

O ocorrido ganhou muita repercussão na Itália. Um dirigente do Catania, Pietro Lo Mônaco, defendeu a tática inovadora e explicou que é uma estratégia do técnico Walter Zenga, ex-goleiro da seleção italiana. “É uma estratégia que Zenga (técnico do time) vem testando continuamente nos treinamentos” afirmou, durante debate em uma rádio italiana.

Paolo Casarin, ex-coordenador dos árbitros italianos, discordou, chamando a medida de "uma trapaça antidesportiva e de mau gosto". Em seguida, Lo Monaco respondeu: “trapaça? Eu não chamaria assim. Cabe ao árbitro decidir se os atletas devem ser penalizados. E bom gosto é uma coisa relativa”.

As opiniões podem ser as mais distintas possíveis e os pontos de vistas devem ser respeitados, já que o lance merece ser discutido por ter sido pioneiro. Na minha visão, o goleiro foi sim atrapalhado e surpreendido pela ação dos rivais, no entanto, não creio que isso seja uma atitude antidesportiva e que mereça punição para o clube. Seria um absurdo se o time perdesse os pontos da partida ou se algum jogador fosse punido pelo acontecido. Fica uma pergunta: se isso acontecesse no Brasil qual seria a postura do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD)? Será que haveria interferência do nosso tribunal? Será que tirariam os pontos do Catania?

7 comentários:

Lucas Renato disse...

Se fosse no Brasil, com certeza aquela merda de STJD ia querer punir os jogadores, suspender a partida, jogar melancias pro alto na avenida Paulista, enfim, ia dar um jeito de aparecer.

O lance foi inusitado, engraçado e, a meu ver, normal.

Abraços zitão!!!

Rodrigo Estevam disse...

Isso foi um fato muito curioso, mas não deve acontecer mais já que estão tomando algumas providencias sobre o caso...

Bom primeira vez que passo aqui, e quero parabenizar o lindo blog!

Opá,

Parabéns pelas 20.000 visitas cara! você merece e espero que continue sempre colocando novidades no blog!

Abração!

Rodrigo Estevam
www.driblenet.blogspot.com

Sabrina Machado disse...

hauhauhaua

o Lucas já falou tudo que eu tinha pra falar...

Parabéns pelo assunto, Rafa...

INSÓLITO...RSRSRS

bjos

Desempate disse...

Achei maravilhoso esse lance, não pela bundinha dos rapazes pq nem deu pra ver nada, e o meu negócio é outro, mas pela criatividade, que ta faltando ao futebol.

Abraços do Tonhão, se puderem, depois entrem no meu Blog.

www.desempate.blogspot.com

Daniel Leite disse...

Achei um incidente ridículo. Na Itália, havia a idéia de que o povo gostava de "Pão e Circo". Circo é lazer, e lazer hoje é futebol. Mas parece que os jogadores do Catania resolveram incorporar palhaços.

Sei que a opinião é única por aqui (por enquanto), mas ainda acredito que o futebol forneça meios mais "válidos" a um time de futebol. Quanto ao citado STJD, é uma vergonha, fato. Até pelo mau exemplo brasileiro, não seria a favor de uma punição. Mas de um belo alerta à prática esportiva.

Até mais!

Ricky_cord disse...

Bela foto.

Maldita Futebol Clube disse...

Deram uma calça arriuada no goileiro, sensacional, o futebol precisa dessa irreverência tb...que falta fazem os orlandos lelés, katinhas, renatos, túlios maravilha ,edmundos ,romários e cocadas da vida...bons de bola e espirituosos

BlogBlogs.Com.Br