quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Por: Thiago Fagnani


Sempre ouvimos falar na aposentadoria de jogadores de futebol e de outros atletas, mas neste caso, irei falar do encerramento da carreira de um treinador. Acho que você deve conhecê-lo.

Carlos Alberto Parreira nunca teve a simpatia da imprensa nacional, muito menos dos torcedores brazucas, mas conquistou uma Copa do Mundo. Admito que nunca fui fã de suas táticas e estratégias, porém sempre respeitei sua postura como profissional. Um homem de cultura imensa, algo raro em nosso futebol.

O treinador esta tomando esta decisão para se dedicar ao seu novo trabalho: descobrir novos talentos no futebol. Isso mesmo. Parreira será diretor técnico da Traffic, empresa de marketing esportivo. Em novembro a empresa irá inaugurar em Porto Feliz, a 100Km de São Paulo, a Academia Traffic de Futebol. Ele irá coordenar as equipes que estes jovens vão atuar. Esta “academia” de futebol tem 150 mil metros quadrados, cinco campos de futebol e toda a estrutura que um jogador necessita para desenvolver e crescer na carreira estes jogadores serão divididos em três níveis de categoria: Sub-15, Sub-17 e Sub-20.

Mas não pense que o técnico, que já dirigiu Bragantino, São Paulo Corinthians, Fluminense (seu time de coração) e as seleções do Brasil e da África do Sul, ficará apenas com este serviço; Parreira irá supervisionar os times do Miami FC, da liga americana de “soccer” e do Ituano, que disputará a primeira divisão do Campeonato Paulista de 2009.

Carlos Alberto Parreira, sempre perseguido pela imprensa, torcida, e por mim também, tem um lugar reservado na história do nosso futebol, afinal, não é todo dia que conquistamos uma Copa do Mundo. Parabéns pelo seu trabalho, e seja feliz!

Imagem: http://www.sergeicartoons.com/

9 comentários:

Felipe Simi disse...

Conhecimento.

Nenhuma outra palavra combina tanto com Carlos Alberto Parreira quanto esta. E, por sua convicção, que certas horas chega a beirar a teimosia, ele plantou inimigos dentro e fora do Brasil.

Mesmo assim, continua. Confia como ninguém na própria capacidade. Só por isso, já merece o nosso reconhecimento.

Fagnani, um texto oportuno. Parabéns.

Leandro disse...

Primeira vez que visito o blog, gostei, me empolguei e vou comentar!
Parreira foi (será que ele aposentou mesmo?) um grande técnico. Fez trabalhos excelentes como no Fluminense, Corithians e, principalmente, na Seleção Brasileira. Contestado por todos, mas estes não podem contestar seus ótimos trabalhos.
E a Traffic só quer uma coisa: dinheiro!!
Abraço

vbcluz disse...

Grande Parreira, respeito esse treinador, mas que nunca vou entender porque ele sempre fazia as mesmas alterações no time, eu NUNCA vou entender!!!

Boa Thi!!!

Rafael Zito disse...

Carlos Alberto Parreira sempre foi mto perseguido pela crítica, assim como mtos são, por nao ficar fazendo gestos e querendo aparecer na beira do gramado.

Um profissional trabalhador. Um técnico com mentalidade de jogo européia e q teve mto sucesso aqui no Brasil. Todos falam do Brasileirão q conquistou pelo Flu em 1984, entretanto, a temporada de 2002 do técnico à frente do Corinthians foi algo fantastico.

Campeão da ÚNICA Liga Rio São Paulo, da Copa do Brasil e Vice-Brasileiro. Campanha q credenciou o treinador a voltar para a seleção.

Acho q esse eh mais um desafio na vida de Parreira, porem, nao creio q tenha abandonado a carreira. Num futuro ele deve voltar. Tenho qse q certeza q mais do q a maioria dos corintianos gostariam q ele voltasse a dirigir a equipe.

Belo Texto Fagnani.

Guilherme Giorgi Costa disse...

Parabéns pelo blog, sempre conseguindo unir o humor á informação!

Comecei um novo projeto há uns 10 dias, um blog sobre Londres 2012
www.brasilemlondres2012.blogspot.com

Se pudesse entrar e dar uma olhada eu agradeceria....Um forte abraço para toda equipe!

Marcel Jabbour disse...

Concordo com o Rafael. A campanha de Parreira comandando o Corinthians em 2002 foi algo de notável. Pelas conquistas e pelo belo futebol de posse de bola e troca de passes com paciência, características natas de Parreira. Como todo treinador que não "papagaia" fora de campo e não dá sorrisinho para qualquer um, Parreira sempre foi perseguido. Mesmo assim foi campeão mundial, feito para poucos no mundo do futebol. Se tivesse contado com mais comprometimento dos atletas em 2006, poderia ter trazido o hexa, quem sabe.

Parabéns pelo blog!

Abraços

diletra.blogspot.com

Lucas Renato disse...

Acho bom o Parreira fazer um grande trabalho e ajudar, por tabela, o Palmeiras a ser campeão também em 2009.

Sabrina Machado disse...

O Rubinho tb fez historia, neh Thiago???

rsrsrs

Brincadeiras a parte, o Parreira foi um tecnico razoavel...

belo texto, viu???

gerson disse...

agora ele pode ganhar mais dinheiro sem se incomodar tanto. Foi uma boa idéia.

BlogBlogs.Com.Br