segunda-feira, 21 de julho de 2008

Um passeio pelo futebol brasileiro

Por: Sabrina Machado



Antes de ler este post, por favor, assista a esse vídeo.

O jornalista Juca Kfouri foi muito feliz em suas colocações sobre a situação do brasileirão, do Corinthians na série B e na seleção pré-olímpica sem Robinho.

Agora se me permitem vou discorrer um pouco sobre os acontecimentos do fim de semana.

Confesso que não assisti ao jogo do Timão inteiro, mas vi trechos da partida. O que foram aqueles gols perdidos? Como diria um primo meu: "um profissional não pode perder um gol daquele". Pode sim ter sido um dia daqueles em que tudo dá errado. Mas criar mais de dez oportunidades e não fazer uma é demais.

No domingo, acompanhei a partida do Palmeiras. E que defesa é aquela? Gladstone e Jeci não dá. E o Diego Souza? Já está merecendo esquentar um lugar no banco há muito tempo. O Kléber precisa parar de se achar o perseguido. E a arbitragem tem que aprender a apitar agarrões dentro da área. Se for falta fora, por que dentro não é?

O São Paulo está demonstrando que vai incomodar, e não só isso, vai brigar pelo caneco. O técnico Muricy tem o time nas mãos e a diretoria (ao contrário da palmeirense) contratou zagueiros bons para suprir a ausência de Alex Silva. E o Dagoberto? Finalmente voltou a fazer gols e ainda está jogando bem.

Não é de hoje que meus leitores sabem que não acredito no Flamengo campeão. Isso vem desde o jogo contra o São Paulo. Ontem o Mengo amargou a segunda derrota consecutiva, e em minha opinião a tendência é cair na tabela.

O Santos finalmente conseguiu ganhar uma, mas o que adiantou se os seis últimos colocados também ganharam? É aquela velha história, podia ser pior. A prova de fogo vem no meio da semana em que o time enfrenta o Verdão.

Resumindo, o Brasileirão está cada vez mais acirrado e só tem uma receita para quem quiser se dar bem: marcar pontos!

5 comentários:

Bruno Pinto disse...

O Gladstone jogou aqui em Portugal, no Sporting, não tendo mostrado nada de relevante. Tinha o brasileiro Polga e o português Tonel barrando a sua titularidade.

Felipe Simi disse...

Muito, muito bem, Sabrina. Coerentes diagnósticos. E, como você mesma disse, o que interessa é pontuar. Brasileiro não é Libertadores. Portanto, perder fora não é bom; em casa, é vencer ou vencer (1x0 ou 10x0 = 3 pontos); e empatar... só mesmo quando não der p/ ganhar ou quando a derrota for iminente.

Um beijo, querida!

Maurício Vargas disse...

Não acho que o Juca tenha dito qualquer coisa de mais. Aliás, se nove pontos não é uma diferença razoável após 13 rodadas, o que é então? No ano passado mesmo o campeonato estava mais equilibrado que agora: com 13 rodadas, a diferença entre o G4 e a zona do rebaixamento era de sete pontos e do quarto para o 11°, de três pontos.

Convido aos amigos a opinarem no meu blog sobre o seguinte tema:

Por que os clubes brasileiros, mesmo com elencos muito ruins, ainda entram nas competições 'para ganhar'?

Já no Febre Mundialista, um perfil de Eusébio, craque da Copa de 66.

Abraços e até lá!

Rafael Zito disse...

É Sabrina suas analises foram qse perfeitas hahaha.

A única discordância minha é com relação ao Flamengo. Pra mim o FLA passa por um periodo de oscilação normal q todos os clubes jah passaram e o time carioca ainda nao tinha passado. Isso se principalmente pelas saidas de Marcinho e Renato Augusto e as lesoes de Kleberson e Toró.

Qnto ao São Paulo vou repetir uma frase do PVC. "O São Paulo é igual ao Schumacher. Qndo aparece no retrovissor do lider o msm já fica preocupado e esperando ser ultrapassado". É o time mais solido e com variações táticas consistentes.

O Palmeiras concordo q essa defesa nao dá. Porém, o time eh mto previsivel e se marcado como SP fez na primeira partida da semifinal do paulista (coisa q o goias fez) o time tem mtas dificuldades. Lento de mais na saida de bola!

Qnto ao Corinthians, o problema é tático! Desde q o Mano Menezes abriu mao do 4-2-3-1 para o 4-4-2 o time ficou afunilado e sem jogadas pelos lados.

Pronto já escrevi demais. Bjao Sabrina e PARABENS... vc realmente manda bem, apesar de torcer para... bem nao falo essa palavra mais de uma vez.

gerson disse...

Ele tem razão, "infelizmente, o nivelamento é por baixo".

BlogBlogs.Com.Br