terça-feira, 22 de julho de 2008

Vamos contestar?

Por: Thiago Fagnani



Interessante o que li no site da Gazeta Esportiva esta tarde. O piloto australiano Mark Webber, além de coadjuvante no últimas temporadas, é colunista do site da BBC, e claro que o assunto em pauta é Fórmula 1.

Nesta semana, ele falou sobre o segundo lugar de Nelsinho Piquet no Grande Prêmio da Alemanha neste último domingo, ou melhor, contestou a corrida do brasileiro. Nada pessoal com Piquet mas sim, com as regras da FIA dentro da Fórmula 1.

Webber chamou de “bizarro” o fato de Nelson ter ultrapassado apenas um piloto na corrida, o japonês Kazuki Nakajima, que na verdade “rodou” na pista. Ele completou dizendo que “O safety car provocou um resultado bizarro, e acho que as regras são uma piada. Nelson seria o primeiro a concordar que ele não mereceu completamente o segundo lugar”.

E o piloto da Red Bull não parou por aí:

“Parece amadorismo quando um cara que fica próximo de ganhar a corrida larga em 17º e só ultrapassa um carro, a Williams de Kazuki Nakajima, porque ele girou”, continuou o piloto da Red Bull. “Para mim, não é disso que se trata a Fórmula 1”.

Interessante vermos esse ponto de vista. Quem se baseia na Globo quando o assunto é F1 não repara nestes detalhes. Talvez nem Galvão Bueno e Reginaldo Leme queiram prestar atenção em certos detalhe.

O que você acha disso?

Imagens: http://www.sport365.ro/, http://www.globo.com/

13 comentários:

loan consolidation disse...

Can you add some more photos?


loan consolidation

Rafael Zito disse...

É um assunto polemico e passivel de discussão. O Webber nao estah inteiramente errado. Porem, tb nao pode dizer q o segundo lugar de nelsinho foi injusto só pq ultrapassou um carro.

Além da sorte (batida de Timo Glock e entrada do safty car) o brasileiro teve uma estrategia de corrida q lhe proporcionou essa segunda colocação. Foi o único piloto q fez apenas uma parada.

Porem, concordo com Webber qndo ele diz q as regras da F-1 nao são lá as melhores. Com o exagero de pressão aerodinamica fica qse impossivel ultrapassagens, por isso, que na F-1 atual só se ganha posição no box e com estrategias diferentes, caso do Nesilnho.

um abraço caro fagnani

cesar disse...

POis é, sempre é bom ter a visão de quem corre. Eu não vi toda corrida e cofesso que fiquei assustado qnd vi que o Nelsinho tava em segundo, até pq no treino ele tinha ido muito mal.

Mas não se pode chamar o Nelsinho de incompetente, como ele correu com o regulamento embaixo do braço.

Pena que a ferrarinão tenha um carro tão bom, pois seria ótimo ver uma dobradinha brasileira.

vlw

Ricky_cord disse...

Só tinha lido que o Piquet Jr foi segundo. Não sabia dos pormenores. Este comentador até pode ter razao mas quem não aproveitaria tal como fez o jovem brasileiro?

Lucas Renato disse...

fala thiaguinho, belo post viu velho???

o weber é muito mais gabaritado pra falar do que nós!! não sei se ele está inteiramente certo, mas ele não está errado, mano.

é só vim o bilolas-car que já fica tudo na mesma???isso é injusto...

e não se enganem com o massa viu. ele é um bom piloto. apenas isso. bom piloto que pode ser campeão ou não, hj, infelizmente, a f1 tá nivelada por baixo.

palzão...é isso ai

Esteban disse...

Muito Obrigado pela visita Thiago... jejeje...
A Perdigao lo tuve que padecer como torcedor do Rosário Central en la Libertadores contra el Inter de Porto Alegre...
saludos

Juan disse...

Para -Thiago Fagnani- aqui tens os títulos que ganhou o Depor:

* Campeonatos de Liga: 1 (1999-2000) * Subcampeonatos de Liga: 5
* Copas do Rei: 2 (1995 e 2002)
* Supercopas de Espanha: 3 (1995, 2000 e 2002)
* Semi finalista UEFA Champions League (2003-2004)
* Quarto finalista UEFA Champions League (2000-2001 e 2001-2002)

gerson disse...

O galvão fica só naquele ufanismo. Tem q ignorar.
Há um pouco de verdade no que ele disse. Mas convenhamos. O safety car ajuda a equilibrar um pouco a disputa, que em outros anos estava totalmente sem graça.

Felipe Moraes disse...

Pior que o Webber tem razão em muita coisa...

Abraço,
Felipe Moraes

Sabrina Machado disse...

Não assisti a corrida, mas confesso que o segundo lugar do Nelsinho me surpreendeu...

Gostei da análise d o Webber...mas concordo com o Rafa quando diz q o brasileiro teve uma boa estratégia...

parabéns pelo texto, thiago!

Juan disse...

Foi sorprendente o segundo posto de Nelson Piquet no podio do GP de Alemanha.

Um saúdo.
http://marcador-deportivo.blogspot.com/

Daniel Leite disse...

Eu achei um ponto de vista fantástico. Piquet foi extremamente competente no final da corrida, tendo justificado em parte seu bom resultado. Mas também vejo a regra como bizarra, visto que, por vezes, beneficia quem pouco fez e pune quem muito trabalhou. O que diríamos se Nelsinho tivesse vencido a prova, e Hamilton, ficado com a segunda posição? Não há nem comparação entre a prova dos dois. Mas o fato é que, se Timo Glock tivesse batido três, quatro voltas depois, isso poderia acontecer. Mas o brasileiro mandou bem, de todo modo.

Até mais!

cultebol disse...

Creio que o Webber tenha ficado com um pouco de dor de cotovelo. A bandeira amarela ajudou, mas tirar todo o mérito do Nelsinho é exagerado.
abs.
Rodrigo

BlogBlogs.Com.Br