quinta-feira, 29 de maio de 2008

Heróis? Vilões? Estou confuso!

Por: Thiago Fagnani


Segundo o Aurélio

Héroi: sm 1. Homem extraordinário pelos feitos guerreiros, valor ou magnanimidade.

Vilão: 3. Fig. Desprezível, sórdido. Sm. 4. Homem vilão.

Usando dois termos tão comuns e batidos no linguajar do jornalismo esportivo, começo este texto perguntando: é possível uma pessoa ser herói e vilão ao mesmo tempo, para um mesmo grupo de pessoas, com iguais pensamentos?

Graças a este esporte, divino em minha visão, sim!

Edmundo, o animal/bacalhau, marcou um gol para seu time aos 46 minutos do segundo tempo. Um gol que seria salvador se, o próprio, não perdesse a primeira penalidade, levando o Vasco a eliminação da final da Copa do Brasil, dentro de São Januário. O jogador reviveu o penalti que errou pelo mesmo Vascão na final do Mundial de Clubes 2000, contra o Corinthians.

E por falar em Corinthians, na quarta-feira, o time se classificou para a final da Copa do Brasil. Irá enfrentar o Sport Clube do Recife, algoz de Palmeiras, Internacional e Vasco. A partida terminou 2 a 1 para o Alvinegro paulistano frente ao Botafogo, portanto, a sorte estava lançada na pequena marca redonda, recheada de cal, da grande área. Porém, o gol do Fogão aconteceu após uma falha do goleiro Felipe, um lance bizarro em jogada decorrente de um cruzamento. O arqueiro foi, mas decidiu voltar. Quando percebeu, tomou uma “medalhada” no peito, e a bola sobrou para o jogador da equipe de Niterói.

Todos os jogadores acertaram as cobranças. Felipe havia rezado muito, seu terço o acompanhou dentro do gol utilizado nas cobranças de pênaltis. Na última batida, na última batida, na última batida, ele se redimiu, espalmou a cobrança do jogador botafoguense e correu até o outro lado do gramado, correu louco. Louco pelo Corinthians.

Me surpreendo a cada dia com o futebol. Confesso ver coisas nesse esporte possíveis de emocionar o mais cético de todos e quebrar qualquer paradigma de lógica e razão. Heróis se tornam vilões, e vice-versa, em um espaço de 20 minutos.

Peço para aqueles que forem comentar este post, escreva antes: VIVA O FUTEBOL!
Pois ele, meu caro, merece!

Imagens: www.estadao.com.br, www.coritnhians.com.br

3 comentários:

Rafael Zito disse...

VIVA O FUTEBOL!!!

VIVA O THIAGO FAGNANI!!!

VIVA O FELIPE, CHICÃO E COMPANHIA!!!!

VIVA O EDMUNDO... NOVAMENTE MOSTROU Q CHUTAR PENALTI PRA CIMA EH COM ELE MSM HAHAHA... LEMBREI DE JANEIRO DE 2000... TADINHO.

Lucas Renato disse...

Viva o sexo!!!!

Edmundo é palmeirense!

Lívia Lima disse...

VIVA O FUTEBOL!!!!

VIVA O CORINTHIANS!!!!

BlogBlogs.Com.Br