terça-feira, 15 de abril de 2008

A despedida em Floripa

Por: Lucas Renato

Na cidade onde nasceu, o Manezinho da Ilha se despede dos brasileiros como profissional

Hoje, no Challenger de Florianópolis, Gustavo Kuerten inicia seu último torneio profissional em terras brasileiras. Um dos maiores ídolos do esporte nacional se despede dos brasileiros, mas não ainda das quadras.

Após o torneio em Florianópolis, ele jogará em Barcelona, Monte Carlo e, finalmente, em seu solo preferido, onde ele já foi rei por três vezes , Rolando Garros.

Após as lesões no quadril, que infelizmente Guga não conseguiu recuperar, por mais que ele tenha feito o possível e o impossível para reverter este quadro, Kuerten nunca mais conseguiu ser o mesmo. Ele até tentou voltar muitas vezes, mas, depois de alguns jogos, a dor retornava. É triste escrever isso.

Após anos nessa condição (a primeira cirurgia no quadril foi em 2002), Guga tomou a decisão certa: aposentar-se e fazer as pessoas se lembrarem dele apenas por dois motivos: suas atuações épicas mundo afora e por sua bravura em em vencer a lesão, e não por ficar se arrastando em quadra até os 36, 37 anos de idade. Guga pára com 31, mostrando que, não fosse seu físico, ele brilharia por mais tempo. Atualmente, é difícil um esportista se aposentar tão jovem.

Em sua despedida no Brasil, Guga disse que queria jogar próximo de seus amigos e familiares, num lugar que tráz laços com sua infância e sua vida. Não poderia haver outro palco que não fosse Florianópolis, sua terra natal.

4 comentários:

Ericka Rocha disse...

Pooxaa vida!
Realmente gosto do Guga, pelo esporte e pela pessoa. Foi por causa dele que eu comecei a perceber que existem outros esportistas exelentes no nosso país além dos jogadores de futebol...
Lesões fazem parte do oficio, mas que não adianta brigar com a natureza, não adianta! O jeito é pendurar as raquetes!!

Adorei o txt Luquinhas! Voltarei mais vezes...hehehehehe

Notebooks disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
JoJosho disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
newsfut disse...

Uma semana e dois idolos se despedindo. Com certeza Romário e Guga farão muita falta até porque não há ninguém a altura para substituí-los. Guga aiinda jogará mais um pouco mas aqui no Brasil infelizmente acabou, fica o agradecimento por tudo o que ele fez pelo tênis e pelo orgulho que deu a nós brasileiros.

vlw abs
cesar

BlogBlogs.Com.Br