terça-feira, 18 de agosto de 2009

O segundo homem

Por: Felipe Simi


Andy Murray não é um tenista qualquer. Desde que começou a jogar profissionalmente, há quatro anos, nunca esteve tão confiante. A última semana foi, sem dúvida, a melhor de sua carreira. E, ontem, roubou de Rafael Nadal o segundo lugar no ranking da ATP.

Ascensão agora coroada com o 13º título da carreira, o Masters 1000 de Montréal. Há quem diga que, em uma das quartas-de-final do torneio canadense, a virada inacreditável que o líder do ranking Roger Federer levou de Jo Tsonga aconteceu porque o suíço desconcentrou-se só de pensar na semifinal contra ele. Improvável.
...

Murray nasceu na Escócia, mas vive na Inglaterra. Em Londres. É treinado por Miles McLagan e Alex Corretja, profundos conhecedores do circuito mundial. O trabalho da dupla, aliado ao esforço e à habilidade do pupilo, levaram-no à terceira posição do ranking em maio. Tornou-se o primeiro britânico da história a alcançar ao top 3.

A uma semana do último Grand Slam da temporada, 1.790 pontos separam-no de Federer. Em Flushing Meadows, durante o US Open, dois mil pontos vão estar em jogo. Aos 22 anos, maduro e cada vez mais perigoso, Andy Murray parece estar pronto.


Imagem: andymurray.com

3 comentários:

Lucas Renato disse...

Meu caro Felipe:

Se você se recordar, eu mesmo, aqui, disse que o Murray era um dos que chegaria à final de Wimbledon. Chegou até a semi. Ele tem um tênis forte, firme, mas ainda peca um pouco na cabeça.

Mas se roubou a segunda posição do Rafa, é porque é muito bom.

Agora, pera lá!!!

O Federer perder porque está com medo de enfrentar algum tenista??? Federer é Federer, meu brother, isso é um absurdo.

Satisfação imensa, Luquinha!

Rafael Zito disse...

Andy Murray é um ótimo tenista e merece estar na segunda posição no ranking. O Rafa Nadal é um excelente jogador, porém, depende mto mais do físico... acho q o Murray tem mais talento para ter.

O legal é ver gente chegando pra rivalizar com federer e nadal. O tenis tava ficando sem graça sempre com final entre os dois.

Alem do Murray, temos Roddick, que voltou a evoluir, e Djokovic, q estagnou e precisa recuperar seu espaço.

Abraço.

Net Esportes disse...

já é candidato para levar o US Open .... e merece inclusive.

Net Esportes - 2 anos
http://netesporte.blogspot.com/

BlogBlogs.Com.Br