segunda-feira, 29 de junho de 2009

Felipão revela nome dos jogadores que decretaram sua saída do Chelsea

Por: Rafael ZitoO técnico Luiz Felipe Scolari pôs fim ao silêncio e apresentou os motivos da sua demissão do Chelsea. O treinador brasileiro revelou que algumas estrelas do clube inglês ajudaram a derrubá-lo do cargo. De acordo com Felipão, o goleiro Petr Cech, o meio-campista Michael Ballack e o atacante Didier Drogba comandaram a “fritura” do treinador junto com alguns outros jogadores.

"Os reais donos do futebol hoje são os jogadores. São eles que decidem tudo", afirmou Scolari, que foi demitido do Chelsea em fevereiro. "Os técnicos, na maioria dos times europeus, não são tão fortes a ponto de discordarem de suas exigências", comentou. Segundo Scolari, os atletas têm esse tipo de postura porque sabem que se os resultados não aparecerem sobrará para o treinador. “Quem o time prefere demitir? As estrelas, que ganham de 4 a 9 milhões de euros por ano com contratos de até cinco temporadas, ou o técnico? Claro, o primeiro a ser demitido será sempre o treinador. E a maior parte dos jogadores já percebeu sua força para fazer o que querem”.

O treinador revelou que seu maio problema foi não ter o respaldo o dono do clube, o magnata russo Roman Abramovich. “Esse foi meu maior problema no Chelsea. Drogba, Ballack e Cech não aceitavam meus métodos de treinamento e nem minhas ordens", relatou. Felipão seguiu criticando a postura dos três jogadores. “Drogba parecia que tinha uma contusão muscular e disse que precisava de dois meses para cuidar dela. Em Cannes. E Ballack, alegando que tinha fortes dores na sola do pé, pediu para ir para Colônia. Com Cech, foi outro problema. Ele tinha um preparador particular de goleiros, e eu era totalmente contra isso”.


Imagem:
Site Oficial do Chelsea

6 comentários:

Bruno Zanette disse...

É uma verdadeira palhaçada isso tudo, mas infelizmente é assim que funciona no futebol dos dias de hoje, principalmente o europeu...

Tenho certeza que, se tivessem dado um maior tempo de trabalho ao Felipão no Chelsea, ele conseguiria conquistar muitos títulos no clube inglês. Mas não conseguiu formar aquele sentimento de família como fez no Grêmio, Palmeiras, Seleções brasileira e lusitana.

Agora, quase em fim de carreira, foi parar no futebol do Uzbequistão... Acho que merecia algo melhor que isso. Só espero que volte a comandar alguma equipe no Brasil, para encerrar a carreira e se fosse no tricolor gaúcho, melhor ainda, rsrs

Abraço!

Esteban disse...

felipao nao andava por Uzbekistan???
OFF TOPIC: felicidade pela copa das confederaçoes...

Persio Presotto disse...

tava na cara que o drogba tava nessa... abs, pp

Raffael Araripe disse...

03 jogadores que nunca terão a copa do mundo que o felipão tem.

http://futeblognews.blogspot.com/

Vitor Hugo Baqueta disse...

Coisas do futebol! Ou alguém aí ainda acha que no Sp de Muricy não ocorreu praticamente a mesma coisa neste ano?!?!?!?!? Grupo rachado = certeza de confusão e de maus resultados. Historicamente sempre foi assim...
Abraço a todos
acessem também - www.blogdobaqueta.blogspot.com

GUI RIBEIRO disse...

COSTUMO DIZER QUE PARA UM JOGADOR SE DAR BEM EM UM DETERMINADO CLUBE ELE TEM QUE CAIR NA GRAÇA DO TREINADOR, E PARECE QUE ESTAMOS MUDANDO OS FATORES, PELO MENOS NO CLUBE LONDRINO.PARA UM TREINADOR SE DAR BEM NO CLUBE ELE TEM QUE CAIR NA GRAÇA DOS JOGADORES...

FAZER O QUE NÉ...

http://resenhadoguiribeiro.blogspot.com/

DE UMA PASSADINHA LÁ

BlogBlogs.Com.Br