sábado, 13 de setembro de 2008

Por: Thiago Fagnani
São Paulo, Corinthians, Botafogo e Flamengo estão no G4. Calma, não fiquei maluco. Nesta semana aconteceu no Estádio do Morumbi a oficialização da união destes times nas negociações com o Clube dos 13. O principal objetivo é melhorar os resultados financeiros das agremiações nos acordos com os canais de televisão, entre outras reivindicações.

Os 4 clubes pretendem se reunir pelo menos uma vez por ano e sempre haverá a escolha de um dirigente para representar este novo bloco nas reuniões da entidade presidida por Fábio Koff.

Confira a ata da reunião, realizada na última quinta-feira:

1. Na reunião tivemos uma produtiva e instigante discussão sobre a indústria do esporte, suas implicações políticas, questões sócio-econômicas e nossos planos para o futuro.
2. Nos reunimos porque compartilhamos características, crenças e responsabilidades. Cada um de nós é responsável por trabalhar para que nossos respectivos clubes consigam os melhores resultados desportivos, econômicos e sociais. Somos responsáveis por desenvolver ao máximo a indústria do esporte, de forma transparente e democrática, contribuindo para o crescimento do país, gerando emprego e renda. Nosso sucesso fortalecerá o futebol brasileiro e cada um de nós é responsável por assegurar que o esporte seja um vetor de prosperidade e uma ferramenta para o desenvolvimento integral da pessoa humana.
3. Para assegurar os melhores resultados técnicos, econômicos e sociais de nossa atividade, não mediremos esforços para manter um diálogo permanente e pretendemos tomar em conjunto decisões relativas à comercialização de nossas propriedades, como, por exemplo, os direitos de marketing, publicidade, captação, exibição e transmissão de nossos jogos.
4. Assumimos o compromisso de colaborar com a CBF para o desenvolvimento do futebol brasileiro. Estamos seguros que nossas atividades não são incompatíveis com a sua organização. Temos certeza que juntos poderemos contribuir para trabalhar questões importantes como o calendário, o regime tributário dos clubes, a proteção ao atleta em formação e ao clube formador, o êxodo de nossos atletas para o exterior, entre outros.
5. Pretendemos intensificar nossa cooperação entre os próprios membros do G-4 e com todas as entidades e instituições, públicas e privadas, para discutir e resolver os nossos problemas.
6. Concentraremos esforços em negociações e estudos de mercado capazes de potencializar produtos ainda pouco explorados como, por exemplo, os relativos às novas mídias, internet, telefonia celular, naming rights e toda segunda linha de patrocinadores. Nós estamos convencidos que o G-4 pode desempenhar um papel importante no desenvolvimento e promoção destes produtos.
7. Acreditamos que a cooperação com outros clubes seja fundamental para alcançarmos os melhores resultados econômicos. Por isso, buscaremos ampliar o G-4 de modo a permitir a participação daqueles clubes que compartilharem conosco as necessidades e as condições de potencializar seus resultados econômicos.
8. A Copa do Mundo de 2014, anseio da população brasileira, consolidará as aspirações daqueles que fazem do futebol o esporte mor da nação. Estamos plenamente comprometidos em contribuir para seus melhores resultados e buscaremos ampliar nosso relacionamento com o futebol mundial.

4 comentários:

Rafael Zito disse...

Acreditava-se que o Palmeiras tb faria parte deste grupo, entretanto, a cúpula que comanda resolveu ficar no muro e nao se comprometer com os poderosos q administram o futebol como produto. Lamentável pq tenho conhecimentos q pessoas dentro do Palmeiras compactuam com as idéias dos clubes q formaram o G4.

Parabens para Corinthians, Flamengo, São Paulo e Botafogo. A única coisa q espero é q a essencia deste grupo nao seja corrompida como foi o do Clube dos 13, q qndo surgiu todos acreditavam q serviria para defender os interesses do clubes, porem, com o tempo passou a defender os proprios interesses.

Pelas marcas q possuem, Flamengo e Corinthians podem ajudar mto o Futebol Brasileiro.

Felipe Moraes disse...

Vamos ver no que vai dar...

Abraço,
Felipe Moraes

sobreofutebolcarioca disse...

vamor ver o que vai dar nisso.
são os 4 grandes do BRASIL

Maldita Futebol Clube disse...

Parece que o vasco tb entrará no G4 , eu acho desnecessário, acho mais uma politicagem e hoje esses clubes criam um mecanismo e amnhã entram opositores nas suas direções e morre essa história, veja o próprio Vasco que com Eurico era contra com Roberto a favor, a hora é de unir não de separar e elitizar a coisa.Vejo que destoei dos comentários, mas acho que mais um grupo político não agrega, é tipo assim: eles tinham, que se fazer forte no c13, brigar lá, não adianta em não me eleger no rj vereador, e tentar ir par niterói depois, ou seja, luto pelos meus ideais, me vejo enfraquecido e vou para outyro local criar outro mecanismo par me fortalecer só porque sou "Grande"?sei lá!

BlogBlogs.Com.Br