sexta-feira, 8 de agosto de 2008

O centro do mundo

Por: Felipe Simi

Eram 10h30min desta sexta-feira quando o velejador Robert Scheidt pisou no Ninho de Pássaro carregando a bandeira do Brasil. Atrás dele, vinham os esverdeados atletas brasileiros. Antes dele, já haviam percorrido a pista lateral do estádio as delegações de Barbados, Uruguai, Ucrânia, Hong Kong, Taiwan, Japão, Israel, Bélgica, Jamaica, Equador, Macedônia, Malta, Madagascar, Malásia, Mali, Maldivas, Turcomenistão, Turquia, Guiné Bissau e Grécia.

Depois de Scheidt, ainda vieram Bahrein, Bahamas, Panamá, Paquistão, Palestina, Cuba, Burkina Faso, Burundi, Timor-Leste, Qatar, Ruanda, Luxemburgo, Chade, Bielorrússia, Índia, Lituânia, Niger, Nigéria, Nicarágua, Nepal, Gana, Canadá, San Marino, São Vicente, Santa Lucia, São Tomé, Saint Kitts, Guiana, Djibouti, Quirguistão, Laos, Armênia, Espanha, Bermuda, Liechtenstein, Congo e Iraque.

Continuando: Irã, Guatemala, Hungria, República Dominicana, Dominica, Togo, Islândia, Guam, Angola, Antigua e Barbuda, Andorra, Tonga, Jordânia, Guinéa Equatorial, Croácia, Finlândia, Suriname, Líbia, Libéria, Belize, Cabo Verde, Ilhas Cook, Arábia Saudita, Argélia, Albânia, Emirados Árabes, Argentina, Omã, Aruba, Afeganistão, Azerbaijão, Namíbia, Tanzânia, Letônia e Grã-Bretanha.

E tem mais: Ilhas Virgens Britânicas, Quênia, Romênia, Palau, Tuvalu, Venezuela, França, Polônia, Porto Rico, Bósnia, Bangladesh, Bolívia, Noruega, África do Sul, Camboja, Casaquistão, Kuwait, Costa do Marfim, Comoros, Bulgária, Rússia, Estados Unidos, Ilhas Virgens, Samoa Americana, Honduras, Zimbabue, Tunísia, Tailândia, Egito, Etiópia, Lesoto e Moçambique, Holanda, Antilhas Holandesas, Granada, Geórgia, Somália, Colômbia e Peru.

Na seqüência, Costa Rica, Trinidad e Tobago, Irlanda, Estônia, Haiti, República Tcheca, Kiribati, Filipinas, El Salvador, Samoa, Micronésia, Tadjiquistão, Vietnã, Botswana, Sri Lanka, Swazilândia, Eslovênia, Eslováquia, Portugal, Coréia, Fiji, Camarões, Sérvia, Coréia do Norte, Montenegro, Chile, Áustria, Mianmar, Suíça, Suécia, Nauru, Mongólia, Cingapura, Nova Zelândia, Itália, Senegal, Sérvia, Seychelles, Serra Leoa.

Por fim: Chipre, México, Líbano, Alemanha, Moldávia, Mônaco, Marrocos, Austrália, Zâmbia e China, incondicionalmente apoiada por 90 mil fãs que povoam o Ninho de Pássaro.

São 205 delegações. 11 mil atletas. 34 modalidades. 19 dias.

Sexta-feira, 08 de agosto de 2008. Os Jogos Olímpicos começaram. Para valer.


Imagem: AFP

7 comentários:

Net Esportes disse...

Muito bonita e marcante a abertura dos Jogos de Pequim, gostei muito da queima de fogos e da originalidade sempre presente no acendimento da pira..........

Estarei sempre passando por aqui e espero vocês no Net Esportes, também dedicano bastante espaço para as Olimpíadas

http://netesporte.blogspot.com/

Rafael Zito disse...

Fou uma festa fantástica. Deu de 10 a zero na abertura de Atenas. O momento que a pira olímpica foi acessa foi sensacional. A China já mostrou logo de cara q pretende fz o melhor Jogos Olímpicos da história.

abraço felipe

Juan disse...

Muito bonita e marcante a abertura dos Jogos de Pequim. Foi uma festa fantástica. A China quere fazer os melhores Jos Olímpicos da história.

Un abraço.
http://marcador-deportivo.blogspot.com/

Sabrina Machado disse...

Perdi a festa...vou ver mais tarde...

Felipe Moraes disse...

A abertura foi arrepiante.
E parabéns a vocês pela cobertura dos Jogos.

Abraço,
Felipe Moraes

Atleti1903 disse...

Buenas,fué bonita la ceremonia de inaguración,ahora ya a competir,espero que España se traiga muchas medallas,venga,saludos!
www.atleti1903.blogspot.com

André Augusto disse...

Não pude aompanhar a abertura, mas pelas fotos e relatos, parece ter sido magnifica.

Muito boa a sacaba da mudança das cores do layout do blog. Parabéns pelo trbalho!

Abs!

BlogBlogs.Com.Br