quarta-feira, 6 de agosto de 2008

As garotas do Brasil

Por: Sabrina Machado


A estréia da seleção feminina de futebol não foi uma das melhores, mas poderia ter sido pior. Já que no primeiro tempo as meninas foram dominadas pelo forte futebol das alemãs, que chegaram até assustar com uma bola na trave.

Mas no segundo tempo as nossas meninas equilibraram a partida e também poderiam ter saído com a vitória. Foi um empate até que merecido. E, para uma estréia, empatar com as bi-campeãs mundiais não é para qualquer equipe.
Marta e companhia mostraram que amadureceram muito e estão perfeitamente preparadas para conseguirem um inédito ouro olímpico. Elas merecem!

***

Vai voando, Ana Paula!

“Todo bom exército tem suas baixas e o soldado deve estar de prontidão quando chamado. Eu me preparei muito para essa Olimpíada"

A contusão da parceira de Larissa no vôlei de praia levou a veterana e medalhista olímpica Ana Paula de volta a uma Olimpíada. Juliana decidiu ceder a vaga por causa de uma contusão no joelho direito.

É uma pena, mas infelizmente qualquer atleta está sujeito a contusões. Juliana estava se recuperando da lesão, mas não sentiu-se segura para disputar os Jogos Olímpicos. Agora, nos resta torcer para a nova dupla do Brasil, Larissa e Ana Paula!

E mesmo sem entrosamento essa parceria promete!

Acompanhe a entrevista de Ana Paula para o Globo Esporte:

6 comentários:

Rafael Zito disse...

Acredito q com essa baixa o Brasil perdeu a chance de conquistar uma medalha no volei de praia feminino.

Nao questiono a capacidade da Ana Paula, no entanto, além de qualidade eh preciso ter entrosamento principalmente em um esporte em dupla q exige tb companheirismo. Torcerei bastante para Ana Paula e Larissa, mas, creio q ficou mto complicado.

Com relação ao futebol feminino acredito q esse jogo servia para q tenhamos consciencia de q dá para vencer a Alemanha... Serviu para perder o complexo de vira-lata.

bjao Sá

Thiago Fagnani disse...

Um bom resultado no futebol feminino. As duas seleções são as melhores do mundo, e tenho certeza de que ainda vão se enfrentar mais uma vez em Pequim.

No Volei de praia, o entrosamento é fundamental. Vai ser difícil, mas não impossível!

Beijos Sabrina

Daniel Reiner disse...

No último Mundial a seleção brasileira já havia jogado muito bem contra as alemãs...Na minha opinião atém melhor do que jogou ontem.
É sem dúvida um progresso alentador. Estamos na disputa pelo ouro em condições de igualdade.

Qualidade técnica e equilíbrio emocional podem não ser suficientes prá dupla Larissa e Ana Paula. Como entrosamento não se compra...
Boa sorte à linda,mineira, cruzeirense Ana Paula...que se não ganhar medalha já é garantia de um ótimo visual.

Lucas Renato disse...

Não há dúvidas de que uma baixa como a Juliana atrapalha e muito o sonho de uma medalha de ouro para o Brasil.

E a Ana Paula já não deve ser mais a mesma, sem querer fazer julgamentos precipitados. Um beijo, Sá.

Felipe Simi disse...

Creio que, pela dedicação extra transpirada pelas meninas do futebol, podemos chegar longe. Dá até p/ torcer por elas.

Já no vôlei, acho que não devemos criar expectativas de sucesso - até porque isso pode atrapalhar Juliana e Ana Paula.

Um beijo, Sá.

Esteban disse...

Olá, pasando... obrigado pela visita...
Boa cobertura de os Jogos Olímpicos.

Saudaçoes...

PD: pasaré más seguido.

BlogBlogs.Com.Br