sexta-feira, 18 de julho de 2008

Moncho não salva

Por: Lucas Renato


O basquete masculino está fora das Olimpíadas de Pequim. A última que participamos foi em 1996. O Brasil só abriu os olhos com a chegada do ótimo técnico espanhol Moncho Monsalve, ainda em 2008. Depois de três anos sem muitas mudanças, com os mesmos jogadores, treinadores brasileiros e nada de especial, viramos apenas um grupo de jogadores que buscava o ataque de maneira desordenada e com certo individualismo.

Mas isso acabou com a chegada de Moncho. Ele implantou uma nova filosofia, baseada na defesa forte e no trabalho em grupo. O grupo é mais importante que o individual. Mas hoje nossas chances de ir a Pequim acabaram com a derrota para a Alemanha, nas quartas-de-final do Pré-Olímpico Mundial. Já tínhamos perdido a vaga no Pré-Olímpico das Américas.

Perdemos por 78 a 65, contra uma seleção que tinha somente um dos principais astros da NBA, Dirk Nowitski. Perdemos para um seleção mais pronta. Mais preparada. Perdemos porque, atualmente, a Alemanha - e muitas outras seleções - é melhor do que o Brasil.

Se Moncho permanecer, a tendência é que a gente evolua, a ponto de pegar um avião que tenha como destino Londres, em 2012. Apenas duas ressalvas. Na minha opinião, Leandrinho, nosso melhor jogador, desprezou completamente a seleção. Recusou-se a jogar alegando contusão e foi jogar futebol nos Estados Unidos. E segundo: não gostei do discurso de que o Brasil não tinha obrigação de vencer a Grécia, no último jogo. O que é isso? Vai apostar todas as fichas num jogo que tem do outro lado Dirk e a forte seleção alemã. Neste ponto, Moncho falhou.

Imagem: Arquivo

7 comentários:

Rafael Zito disse...

Grande Lucão.

Bom ver vc escrevendo sobre basquete e com propriedade.

Com relação ao Leandrinho concordo plenamente com vc.

Sobre a declaração de Moncho com relação ao confronto contra a Grécia ele simplesmente fooi realista.

Velho a Grécia é a melhor equipe deste pré-olimpico e nem merecia estar disputando. É a atual vice-campeã mundial. Fortissima. O Brasil de hj nao tem condições de vencer a Grécia

E acredite... A Grécia eh mto mais time do q a Alemanha.

O Brasil, infelizmente, nao trabalha sério no basquete. POrtanto, por merecimento, ficar fora foi merecido (desculpe a repetição). Moncho deve continuar, Grego precisa sair urgente. Está colocando nosso basquete na lama!

cesar disse...

Acho que o pior nisso tudo não foi nem a derrota, pois já se sabia que o Brasil não teira uma tarefa fácil, mas sim a recusa dos nossos principais jogadores da seleção. Essa do Leandrinho foi a pior. Acho que ele não merecia nem mais jogar Basquete. Seria muito melhor ele dizer que não queria jogar o Pré-Olímpico. Mas vai entende...

Thiago Fagnani disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago Fagnani disse...

Todos sabemos das limitações do basquete masculino brasileiro na atualidade.

Sabemos que o Moncho não poderia fazer milagre e ele, com certeza, deve continuar (ele chorou após a eliminação).

Sabemos tbm que a CBB precisa ser renovada, e que essa atual diretoria precisa sair. Apesar de o basquete feminino sempre estar entre as melhores seleções do mundo.

MAS O QUE ME REVOLTA MESMO SÃO ESTES CANALHAS QUE SE DIZEM BRASILEIROS. PORCOS QUE GANHAM MILHÕES E SE ACHAM NO DIREITO "PISAR" E MENOSPREZAR A NOSSA SELEÇÃO.

CANALHAS, QUE FIZERAM MUITO FALTA AO NOSSO TIME, MAS QUE NÃO FAZEM FALTA NENHUMA A NAÇÃO BRASILEIRO.

PEÇO AOS TORCEDORES DO CORITHIANS QUE FALEM UMAS BELAS VERDADES PARA O LEANDRINHO (NA MINHA OPINIÃO, O MAIS FALSO DE TODOS), SE ELE APARECER MAIS UMA VEZ EM JOGO NO PACAEMBÚ, PAGANDO DE BONITÃO.

QUERO PEDIR TBM AOS CIDADÃOS SÃOCARLENSES A NÃO FAZEREM AMIS CAMPANHA PELO CIDADE PARA TODOS VOTAREM EM NENÊ PARA JOGAR O ALL STAR GAMES.

PEÇO AOS TORCEDORES DO CLEVELAND CAVALARIERS QUE ADOTEM O VAREJÃO DE VEZ COMO CIDADÃO DE LÁ E NÃO DEIXEM ELE NUNCA MAIS VOLTAR PARA O PAÍS. JÁ QUE VCS GOSTAM TANTO DELE, FIQUEM PARA SEMPRE!!!

PEÇO DESCULPA AOS LEITORES E AOS MEUS COMPANHEIROS DE BLOG, MAS ALÉM DE JORNALISTA E PROFISSIONAL, EU SOU BRASILEIRO, E ESTE TIPO DE COISA, EU NÃO ADMITO!!

Rafael Zito disse...

Thiago vc tem todo o direito de se indignar!

Eu prefiro optar pro nao ir mto por essa linha, mas, vc tah na sua razao. So peço pra q vc nao se injusto com uns e esqueça de outros, ok?

O Nenê realmente nao tinha condições de jogar. Lembre q no início do ano ele fez cirurgia de cancer nos testiculos. Jogou no maximo cinco partidas pelo denver... entranto tb no maximo uns 5 minutos... nao tava inteiro.

Agora pra ser mais justo, nao fale apenas dos caras da NBA pq o movimento foi maior. Guilherme Giovannoni e Valtinho tb abandonaram a seleção na vespera e com argumentos inaceitaveis. Valtinho informou uma contusão na última hora, sendo q atuou a temporada toda aki no brasil. E o Guilherme disse q nao iria pq queria acompanhar o periodo de gravidez da mulher. Vai arrumar desculpa assim em outro lugar

Ao boicotarem o Moncho e o Greco, acabaram boicotando o Brasil.

Das estrelas, fica os meus PARABENS aos dignos: ALEX GARCIA E TIAGO SPLITTER.

Esteban disse...

que pasó que se quedaron afuera de los JJ.OO??? no tienen tan mal equipo, a mi parecer...

Felipe Simi disse...

Tô no bonda dos que não entendem (quase) nada de basquete. Porém, é (quase) impossível ficar alheio a uma situação como esta.

A Grécia e a Alemanha são melhores mesmo, Lucas. Um time como o nosso não tem (ainda) meios para derrotá-las.

Mas, como leitor, apreciei demais seu texto. Parabéns, meu caro!

BlogBlogs.Com.Br