quinta-feira, 26 de junho de 2008

César Cielo treina forte para chegar na melhor forma em Pequim

Por: Rafael Zito
Um dos principais nomes da equipe de natação do Brasil, César Cielo vai entrar em uma fase dura de treinamentos. O nadador treinará em Auburn, nos Estados Unidos, as próximas duas semanas até embarcar para a Croácia, onde disputa a última competição antes dos Jogos Olímpicos de Pequim. Após passagem pela Europa, o atleta que competirá nas provas de 50 e 100m livres se juntará à seleção brasileira, em Macau.

Cielo é um atleta que, além de nadar, curti praticar outros esportes. No entanto, nesse momento o nadador parou de fazer qualquer outra atividade, inclusive o vôlei, um dos esportes prediletos. “Agora não dá. Parei com o vôlei também. O foco é todo nesta competição da Croácia”, disse. Especialista nos 50m livres, Cielo precisará melhorar sua melhor marca caso queira conquistar a medalha de ouro em Pequim. Com os 21s84 que possui, recorde Pan-Americano, o brasileiro terá dificuldades porque o australiano Eamon Sullivan registrou, neste ano, novo recorde mundial, baixando o tempo para 21s28.

Nos 100m livres, o brasileiro também tem chances, porém, por não ser a sua especialidade às dificuldades serão ainda maiores. Com o tempo de 48s39, Cielo está distante dos 47s50 do melhor do mundo, o francês Alain Bernard. Além das provas individuais, Cielo deve competir também no revezamento 4x100m livre e no 4x100m medley.

Não há dúvidas que Cielo, juntamente com Thiago Pereira e Kaio Márcio Almeida, são os principais nomes da natação brasileira. Porém, os últimos resultados do nadador não foram lá muito animadores. No torneio de Maré Nostrum, nas etapas de Barcelona (ESP) e Cannet (FRA), o brasileiro ficou fora do pódio, com dois quartos e dois quintos lugares. Acredito que esses resultados sirvam apenas para que Cielo se motive mais e o fato de estar entre os cinco melhores do mundo o credencia a conquistar algo, já que nessas provas tiro curto as diferenças são bem pequenas.

Cielo comentou sobre a importância e o resultado das duas competições e afirmou que serviram como injeção de ânimo e motivação: “Foram competições muito importantes porque pude nadar ao lado dos meus grandes adversários. Agora sei que vai ter uma pressão maior, e funciono melhor sob pressão. Foi importante ter sido superado na Espanha e na França. Estou treinando com mais vontade. Na Croácia, meu objetivo é baixar meus tempos para chegar na melhor forma nas Olimpíadas”, concluiu.

Imagem:
Divulgação

5 comentários:

Thiago Fagnani disse...

Rafael, me explica uma coisa:

Por que todos na imprensa só falam do Thiago sendo que o Cielo tem as melhores marcas e tem tudo para ganhar medalha em Pequim? Por sinal, as chances dele ganhar uma medalha de ouro são muito boas!!!

Vc tem 12 horas para me responder esta pergunta.

Abraços

Lucas Renato disse...

Fala, Rafael!

A natação brasileña parece que vem forte nessas Olimpíadas. Mas eu to torcendo pro Thiago.

Abraços.

Felipe Simi disse...

O Thiago Pereira virou o xodó da natação nacional. Começou c/ os gritos da mãe dele no Pan, depois a Globo turbinou a imagem do cara e, agora, muita gente quase não enxerga a boa safra de nadadores que está aí. É nela que está César Cielo, tão ou mais postulante a medalhas na China do que Thiago Pereira.

Um abraço, Zito!

Thiago Fagnani disse...

Ele comentou de novo!!!

Sabrina Machado disse...

Pal, o thiago pereira é mais bonito!!!

hauhauhauhaua

BlogBlogs.Com.Br