quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Em jogo emocionante River Plate elimina Botafogo da Copa Sul-Americana


Por: Rafael Zito

O River Plate venceu o Botafogo por 4 a 2 e garantiu vaga para as quartas-de-final da Copa Sul-Americana. O jogo foi emocionante, com o River conseguindo marcar o gol da classificação aos 47 minutos do segundo tempo. O Botafogo teve na frente por duas vezes, mas não conseguiu segurar a pressão dos argentinos, que garantiram a vaga com muita raça e determinação, sem desistir em nenhum momento.

Início de partida e o esperado abafa do River Plate não aconteceu. O Botafogo estava bem postado em campo e aos 10 minutos, em cruzamento para a área o meio-campista Lúcio Flávio emendou de primeira e abriu o placar para o Alvinegro. O gol esfriou o ímpeto do time argentino, que só foi ameaçar a meta de Max depois de jogada ensaiada em falta cobrada por Belluschi e finalização de Ortega que o goleiro botafoguense defendeu com segurança.

O jogo estava tranqüilo para os brasileiros, até que, em vacilo da defesa, Belluschi roubou a bola na ponta direita e cruzou para cabeceio certeiro de Falcão Garcia. O gol de empate fez com que a torcida e o time se inflamassem e os argentinos passaram a pressionar os brasileiros. O ambiente ficou mais favorável para o River quando Zé Roberto foi expulso após entrada violenta em Ahumada. Porém, apesar do sufoco no final o Botafogo conseguiu segurar o empate e foi para o intervalo com a disputa empatada em 1 a 1.

Na volta para a segunda etapa, o Botafogo ficou acuado e o River foi para cima em busca dos dois gols que faltava para conseguir avançar para a fase seguinte. Porém, logo no início, o zagueiro Lussenhoff foi expulso e as duas equipes ficaram com dez jogadores. Em igualdade numérica, o Botafogo passou a sair mais para o ataque e foi premiado com o gol de Dodô aos 20 minutos.

Com este 2 a 1 o time carioca ficou com a mão na vaga. Entretanto, os argentinos continuaram acreditando e, mesmo com expulsão de Ahumada, chegaram ao empate aos 28 minutos em chute de fora da área do atacante Falcão Garcia; entusiasmados com a igualdade no marcador, o River foi ao ataque e conseguiu marcar o terceiro gol com Rios, aos 33; e impulsionados pela torcida, o time argentino largou de vez a marcação e foi com tudo para cima. O Botafogo sentiu o momento e começou a fazer faltas bobas, propiciando lances de perigo para o River.

Com toda essa vontade, o inesperado aconteceu. Aos 47 minutos, em bola lançada para área Falcão Garcia, destaque do jogo, subiu mais que a defesa botafoguense e fez a festa da torcida argentina. O River conseguiu o que muitos já não acreditavam. Com uma vitória épica garantiram passagem para a próxima fase da Copa Sul-Americana.

Agora, nas quartas-de-final o River enfrenta o vencedor do confronto entre Defensor Sporting, do Uruguai, e El Nacional, do Equador. Na primeira partida disputada no Uruguai, o Defensor ganhou de 3 a 0 e pode até perder por dois gols de vantagem no duelo de volta no Equador.

Imagem: Globoesporte.com

Um comentário:

Lucas Renato disse...

Parabéns pela escolha da foto, meu Fudencio!

BlogBlogs.Com.Br