quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Raça, vibração, delírio - um choque no Parque

Por: Felipe Simi e Sabrina Machado

Não existe frase mais clichê no futebol do que “clássico é clássico”. Mas ela faz sentido para o jogo entre Palmeiras e São Paulo. Não posso apontar um time favorito para o confronto desta quarta-feira.

O Palmeiras joga em casa, mas o retrospecto do campeonato mostra que essa teórica vantagem não se aplica na prática com o Verdão. Além do time de Parque Antárctica não levar muita sorte contra o adversário no Palestra. Mas o Palmeiras sempre venceu o rival em algum dos turnos, desde que o Brasileiro passou a ser disputado por pontos corridos.

O técnico palestrino ainda está com dúvidas em relação ao esquema, se usará o 4-4-2 ou o 3-5-2. Particularmente, acredito que o time não deveria se expor aos contra-ataques do São Paulo, que serão muito fortes com a presença do Dagoberto.

O Verdão contará com suas estrelas “El Mago” Valdivia e Edmundo. Com esse toque refinado, espero que o time da casa vença. Meu palpite para o jogo é de 2 a 1.


Pelos lados do Morumbi, Muricy Ramalho esconde o jogo - mas está tranqüilo. Afinal, sabe que, seja no 3-5-2, seja no 4-4-2, seu time saberá se comportar em campo. Dos 11 que vão a campo, apenas o ‘selecionável’ Alex Silva tem o retorno assegurado – mandará o parceiro de zaga André Dias de volta para o banco.

No ataque, duas vagas para três candidatos: Dagoberto, Borges e Aloísio. Expectativa mesmo, só para a torcida, e, como “clássico é clássico”, um pouco de suspense não fará mal a nenhum são-paulino. Até porque Muricy garante já ter o time na cabeça.

Oito pontos separam o São Paulo, líder, do Palmeiras, 4º colocado. Entretanto, quando a bola rolar, os dois times a disputarão em pé de igualdade – a disciplina tática, a favor de um; a garra e a torcida, a favor de outro. Palpite? 0 a 0, mas um grande “Choque Rei”.

[Este texto foi escrito pela palmeirense Sabrina Machado e pelo são-paulino Felipe Simi - uma parceria "tricolor-palestrina" de quem espera que o jogo desta noite seja um clássico, sobretudo, de respeito mútuo dentro e fora de campo.]

3 comentários:

Rafael Zito disse...

Primeiramente chegou a vez de dar as BOAS VINDAS ao grade Felipe Simi. Sua presença neste projeto nos dará grande oxigênio pra crescer!

Texto em dupla:Belíssima ideía! A visão do jogo não poderia estar melhor. Pra mim se o Palmeiras jogar no 4-4-2 pode ateh vencer, se o Caio Jr. colocar 3 zagueiros, perde! Palpite 1 a 1.

Pra finalizar deicou um quiz aos visitantes: O Edmundo pode ainda ser considerado uma estrela?

Esta resposta eu deixo pra vcs. hahaha

Parabéns para a dupla Felipe Simi e Sabrina Machado. Domingo é Corinthians e Santos. Esta ideia de visão do classico foi perfeita. vamos continua-la!

Lucas Renato disse...

Sabrina e Chefe queridos!

O Maior do Brasil está numa fase boa, vem ganhando as últimas rodadas, mas devo admitir que o São Paulo é o favorito hoje.

Respeito a opinião do Felipe, mas acredito que a chance do clássico terminar sem gols é quase nula.
De qualquer forma, "Forza, Palestra!

Leandro Carneiro disse...

Muito bom Muito Bom!!!
mas como bom são paulino arrisco 3x1. Edmundo jogando 2 jogos seguidos vai sempre mal de mais

BlogBlogs.Com.Br