quinta-feira, 30 de julho de 2009

O que fazer sem ele?

Por: Sabrina Machado

Diego Souza está provando que o dinheiro investido nele pela Traffic valeu à pena. O jogador, em ótima fase, é o principal responsável pela maravilhosa fase que o time Alviverde está passando. Mas e se ele for embora? Muricy não quer nem pensar na possibilidade de perdê-lo para um clube europeu e já tratou logo de conversar com o presidente da parceira palmeirense.

Porém, falta um pré-requisito para valorizarem o camisa 7 palmeirense à altura proporcional do dinheiro gasto pela Traffic para obtê-lo, a seleção brasileira. O novo técnico do Verdão já fez a sua campanha, boa parte da mídia também alimenta essa possibilidade. Mas o pragmático Dunga só listou uma mudança nos seus escolhidos (de sempre), Diego Tardelli.

Assim como todo palmeirense, quero que o Diego permaneça no time, pois sua perda decretaria o adeus para o título do Brasileiro. Mas é uma pena, ele não ser convocado para vestir a amarelinha, pois se ele continuar jogando do jeito que está não tenho dúvidas que é o único jogador capaz de substituir o unânime Kaká.

Sinceramente, a forma com que a seleção do Dunga joga não me agrada, mas os resultados do treinador queimam a minha língua. O Brasil é muito dependente do futebol do bambino, agora madrileno e não vejo nos escolhidos do capitão do Tetra alguém com características próximas de Kaká. Apesar de algumas vezes segurar demais a bola, o camisa 7 do Verdão parte para cima da defesa adversária, como o ex são paulino, chuta bem com os dois pés, tem bom passe e ainda sabe fazer gols de cabeça.

A meu ver, Diego Souza é o reserva perfeito para o camisa 10 da seleção. Nada pessoal, mas Julio Baptista não dá!

Imagem:
Nelson Almeida / UOL

6 comentários:

Rafael Zito disse...

Sabrina,

Substituir Kaká é uma tarefa complicadissima! Conversamos há algum tempo e concordamos em um ponto: nao gostamos das forma q a seleção joga, mas os resultados impedem q a gente cobre a saída dele.

Sobre o substituto de Kaká, confesso que nao via ninguem com essa capacidade, mas, seu texto me abriu os olhos pra essa possibilidade. Observando as caracteristicas do Diego Souza passei a ver um substituto perfeito para o ex-sao-paulino

Parabens pela observação... foi precisa! Qnto ao Júlio Baptista acho ele útil, mas nao pra vaga de Kaká. E Diego Tardelli nao dá! Se fosse pra chamar algum brasileiro de minas teria q ser o Kléber!

Um bjo querida!

Victor disse...

Sabrina,

O bom de todo o barulho que Diego (quando era do Flu era só Diego) faz é que deixam o melhor do time jogar:
Cleiton Xavier.

Oswaldo Botrel disse...

O Ederson e o Fernandinho são jogadores mais completos e eficientes que o Diego Souza, acho que podem substituir o Kaka melhor que ele. O Diego rende encostado no ataque, o Kaká busca mais o jogo e cai pelos dois lados do campo e ajuda mais na composição do meio campo, coisa que o Diego não faz. Mas é um bom jogador.

Ótimo texto :)
Parabéns!

Oswaldo

Sabrina Machado disse...

Victor, o Cleiton Xavier é o jogador mais fundamental para o esquema do Palmeiras.

É um meia como poucos que atual aqui no Brasil, responsável pelas principais assistência nos gols do Verdão. Ele fez a torcida não sentir tanta falta de um camisa 10, depois da saída do Valdivia.

O Muricy deve estar rindo à toa, pois ele sempre pediu um meia assim para a diretoria do São Paulo e eles não contrataram, enquanto esteve por lá.

Oswaldo, não acompanho de perto o futebol do Ederson e do Fernandinho. O Diego rende melhor encostado no ataque sim, mas se analisar os jogos do Palmeiras, ele cai para os dois lados e recompõe o meio juntamente com o Cleiton Xavier quando o time joga com dois atacantes. As características são semelhantes por esses motivos também.

Bruno Zanette disse...

O Diego Souza realmente bate um bolão. Lamento o Grêmio não ter conseguido segurá-lo no fim de 2007 quando teve oportunidade, talvez a história do Brasileirão tivesse sido diferente...

Esteban disse...

com a camisa 100!!! o.O
increíble!

http://d-coleccion.blogspot.com/

BlogBlogs.Com.Br