terça-feira, 19 de maio de 2009

Roland Garros, o prato principal

Por: Felipe Simi



Foram precisos 1h25min, dois sets e dois saques para que o destino do troféu do próximo Grand Slam da temporada, o Aberto de Roland Garros, na França, voltasse a ser discutido.

O suíço era o intruso. Sacava para ser campeão. Estava ansioso e confiante, apesar de um pouco desconfiado da atípica postura resguardada do arqui-rival espanhol. O arqui-rival era da casa. Não escondia o cansaço, mas tinha duas chances de quebra: 15-40.
...

Aos 22 anos, Roger Federer assumiu, pela primeira vez na carreira, a liderança do ranking mundial. Manteve-se firme, no topo, por 237 semanas consecutivas. Até que, em agosto de 2008, foi destronado por um incansável, polivalente e equilibrado Rafael Nadal.
...

Mas, naquela manhã de domingo, o espanhol não mostrava a mesma disposição. Um dia antes, pelas semifinais, ele travara um duelo épico contra o quarto melhor tenista da temporada, Novak Djokovic. E vencera depois de quatro horas, salvando três match points.

O suíço, então, recuperou-se, ganhou o ponto seguinte e diminuiu sua desvantagem: 30-40. Ele sonhava com a segunda vitória no saibro sobre o espanhol, que chegava à final em Madri depois de conquistar a trinca em Monte Carlo, Barcelona e Roma.

Apreensiva, a torcida espanhola viu seu tenista perder a última chance de quebrar o serviço do rival. Exausto, restava a Nadal torcer para que o saque de Federer não entrasse. Foi em vão. Com um ace, ele fechou a partida e silenciou a novíssima Caixa Mágica.

Agora, Federer e Nadal estão empatados em títulos de Masters. Ambos têm 15. Mas, a partir do próximo domingo, uma causa maior estará em jogo. A rivalidade entre eles, à flor da pele. Se, na Espanha, Nadal x Federer foi um aperitivo, na França podemos esperar, no mínimo, o prato principal.



Imagem: Paco Campos/EFE

4 comentários:

Loucos por F-1 disse...

Não tenho dúvidas que o título irá para um dos dois, os melhores tenistas em atividade no planeta. Pequena vantagem para Nadal, pois o rapaz é ótimo no saibro. Que vença o mais preparado, ambos são ótimos.

Abraço!

Leandro Montianele

Persio Presotto disse...

acredito que o nadal leva! abs, pp

Anônimo disse...

http://www.valfutebolminhapaixao.blogspot.com/

Brasil Empreende disse...

Ola visitei seu blog e gostei muito e gostaria de convidar para acessar o meu também e conferir a postagem desta semana: Brasil, Um celeiro do Futebol-Mundial!
E participar, também, da corrente Cadê o Amauri por novos jogadores na seleção brasileira.
Sua visita será um grande prazer para nós.
Acesse: www.brasilempreende.blogspot.com
Atenciosamente,
Sebastião Santos.

BlogBlogs.Com.Br