quarta-feira, 25 de março de 2009

Uma tragédia chamada Brasil

Por: Felipe Simi

7 minutos do segundo tempo. Gol de Kelson. Veranópolis 0x1 Brasil.
...
Quinta-feira, 15 de janeiro de 2009. A uma semana da abertura do Campeonato Gaúcho, o ônibus que trazia de volta para Pelotas a delegação do Brasil capotou na estrada. Dez jogadores foram internados. Três morreram.

A tragédia adiou a estréia do time por duas semanas. Na hora do jogo, além do preliminar minuto de silêncio, a equipe vestiu um uniforme preto no lugar do tradicional rubro-negro. Por tributo, os números 3 (Régis) e 7 (Cláudio) não seriam mais usados.
...
Terça-feira, 24 de março de 2009. 13 jogos, cinco empates e oito derrotas depois, o Brasil de Pelotas chega a Veranópolis precisando vencer o time da casa para não ser rebaixado.

Apesar do gol de Kelson já na etapa final, a pequena, mas fanática torcida xavante viu o adversário empatar aos 17, virar aos 26 e ampliar o placar aos 46 minutos. Final: 3x1.

A derrota sepulta o Brasil em uma das duas últimas posições da tabela geral. No ano do 98º aniversário, o Grêmio Esportivo Brasil vive a temporada mais triste de sua história.

Imagem: futebolpelotense.blogspot.com

10 comentários:

Persio Presotto disse...

É uma pena, Felipe! O Brasil de Pelotas não merecia cair. Abraço, PP

Marcelo Braga disse...

A queda era inevitável frente ao atraso do início da nova preparação da equipe. Mas o Brasil foi um clube de muito peito para, mesmo com a trajédia, enfrentar a competição e honrar seus compromissos.
A queda é triste mas, em 2011, com o possível acesso da equipe, poderemos ter talvez um dos centenários mais bonitos e emocionantes do futebol.

Abraços

Thiago Fagnani disse...

Uma lástima...

Eu lembro de vc, Luis Felipe!

Abnraços

Rafael Zito disse...

É até difícil fazer um comentário sobre esse assunto.

Infelizmente era esperado o q aconteceu por causa do atraso na preparação da equipe.

Pena q o rebaixamento tenha acontecido no msm ano q o clube sofreu essa grande perda.

abraço felipe.

Leandro Miranda disse...

Fica a tristeza porque o Brasil estava esquecido, e foi lembrado só por tragédias: a morte do zagueiro Régis e do ídolo Claudio Milar, e agora o rebaixamento.

Terá o ano que vem para se reerguer e fazer bonito no ano do centenário, como bem lembrou o Marcelo. O planejamento para isso, porém, tem que começar já.

Ariel disse...

Eu me sento muito triste por os jogadores e principalmente por os torcedores.

O time de Pelotas tinha trabalhado muito forte durante o 2008 para que este 2009 fosse seu ano, mas uma tragédia tan grande e o rebaixemento fizeram que tudo se volte negro.

Espero que o Brasil tenha um bom campeonato na Série C. Será difícil, mas seria um merecido prêmio após tanto dor.

Loucos por F-1 disse...

Seria muito difícil para o Brasil de Pelotas conseguir se manter bem após essa grande tragédia. Está sendo um ano mais do que complicado para o clube.

Abraços!

Leandro Montianele

Lucas Martins disse...

Pela primeira vez postando nesse blog, muito bom conteúdo. Qto a queda do Brasil é só lamentar, o time entrou muito abalado no campeonato, e a queda pelo menos na minha opinião seria questão de tempo, e ela veio, infelizmente.

Maldita Futebol Clube disse...

não deveria poder ser rebaixado esse ano face a tragédia a qual foi vitimado.era inevitável o desastre... uma pena...

Sabrina Machado disse...

O ano das tragédias para o Brasil...

Você definiu bem no título, Felipe

BlogBlogs.Com.Br