domingo, 13 de julho de 2008

Clássicos

Por: Thiago Fagnani

Breve resumo sobre os clássicos do dia 13 de julho do Brasileirão 2008

São Paulo 2 x 1 Palmeiras

Após Muricy surpreender colocando Dagoberto no lugar de Aloísio, o São Paulo dominou o primeiro tempo. Com uma forte marcação e muito mais vontade, o time venceu o Palmeiras por 2 a 1. O Verdão esteve apático, e o Tricolor soube administrar o jogo. No primeiro tempo, André Dias marcou, após falha de Marcos. Na segunda etapa, o time de Luxemburgo cresceu um pouco, mas, sem objetividade, não conseguiu empatar antes do chute de Éder Luis, que desviou em Jéci. O próprio zagueiro do Verdão descontou nos acréscimos de Carlos Eugênio Simon, que arbitrou muito bem o quarto Choque-Rei do ano. O São Paulo está agora com 17 pontos, e o Palmeiras estacionou nos 18.


Cruzeiro 2 x 1 Atlético Mineiro

O Galo parece não estar com sorte em seu centenário nos jogos contra a Raposa. Mesmo saindo na frente com gol do artilheiro Danilinho, mas o Atlético não conseguiu segurar a força do Cruzeiro, que empatou logo em seguida com Thiago Martineli e, no final, mais precisamente aos 46 do segundo tempo da partida, virou com tento de Ramirez. Com esse resultado, a equipe de Adilson Batista se mantém no G-4, com 21 pontos ganhos. Já o Galo, se manteve com perigosos 12 pontos.

Náutico x Sport

O campeão da Copa do Brasil 2008 abriu o marcador no Estádio dos Aflitos com o homem que fala com Deus, Carlinhos Bala. Durval ampliou no segundo tempo e o Timbú pouco incomodou seu rival, e seu poder de reação foi pífio. O Náutico se manteve na sexta posição, enquanto o Sport subiu para a 11ª.

Flamengo x Vasco

Logo no início do “clássico dos milhões”, Ibson abriu o placar de pênalti logo aos 8 minutos para o Mengão, que ampliou com o “xerife” Fabio Luciano e, no segundo tempo, Cristian fez o terceiro, em um petardo fora da área, no ângulo, sem chances para o goleiro artilheiro Tiago. Alex Teixeira descontou para o time de Roberto Dinamite, que assistiu à partida ao lado de Marcio Braga (fato inédito nos últimos anos) nas tribunas do Maracanã. Com essa vitória, o Flamengo se isola na liderança do Campeonato Brasileiro, com 26 pontos ganhos e o Vasco caiu para a décima posição, com 14. Interessante o que percebi ao assistir a partida via Pay Per View na casa de meu pai foi uma faixa estendida na torcida Rubro Negra, dizendo: O BRASILEIRO É OBRIGAÇÃO.

8 comentários:

Rafael Zito disse...

O Muricy armou duas linha de quatro, fez marcação individual nos principais jogadores e nao deu chances para o Palmeiras no primeiro tempo. Vitoria Merecida! Estranho o fato do Palmeiras ter caido perante a msm estrategia do 1o. jogo da semifinal do Paulistão.

O Flamengo é mto melhor q o Vasco e demonstrou isso em campo. Meio-campo com Léo Moura, Jonatas, Cristian, Ibson e Juan - Mto Interessante!

Incrivel como o atletico estah numa crescente em atuações, tao incrivel qnto nao consegue vencer. Cruzeiro foi mais eficaz e segue firme.

Qnto a Sport e Nautico soh digo uma coisa: QUERO Q O SPORT SE LASQUE - Q SEJA REBAIXADO JUNTO COM O GOIAS.

Lucas Renato disse...

Fala, Palzão!

Mano, o que é uma derrotinha pra quem sentiu uma felicidade do tamanho do mar naquela semifinal????????????Foi a semana mais feliz da década!!!! Meu Deus! Como é bão ser palmeirense!!!É chover no molhado, mas tudo bem...a área reservada para os palestrinos estava cheia. Já a dos bambis...

Daniel Leite disse...

Não tenhamos dúvidas de que o Flamengo foi o grande vencedor da rodada. Viu o Palmeiras aumentar o déficit para oito pontos e o Internacional perder a oportunidade de subir. O Fluminense, que está ainda por baixo, auxiliou também, ao vencer o excelente Vitória. Mas o melhor de tudo, para os rubro-negros, é a regularidade de seu futebol, firme e sólido.

Até mais!

Breiller disse...

Realmente, depois do vexame na Libertadores, o Brasileirão se torna obrigação e obsessão para o Flamengo.

Mas eu, como bom vascaíno, hei de secar um bocado. Hehe

Agrupacion Tradicional River Plate disse...

Los hemos incorporado a la nómina de blogs recomendados. Slds

Agrupacion Tradicional River Plate disse...

En http://tradicionalriver.blogspot .com abrimos una entrada que llamamos Opinemos sobre las opiniones de Aguilar. Te invitamos a visitarla Slds

Lívia Lima disse...

Realmente esse foi um domingo de clássicos como é difícil de acontecer...e cheio de histórias...mas só seria melhor se o Corinthians estivesse fazendo parte, mas td bem, a torcida gosta de jogo de sábado...rs

E eu tbm quero que o Sport se ....rs

bjs pessoal......saudades de todos vcs.....

Maurício Vargas disse...

O São Paulo venceu e dominou porque o Palmeiras estava sem Pierre. Isso mesmo! Pierre é, hoje, o jogador mais importante da equipe. Que não seja ele, mas a figura que representa: o que o time precisa é de alguém que marque no meio-campo. Léo Lima e Martinez não fazem isso tão bem como o carrapato.

Já o São Paulo, se falta qualidade no toque e na armação, sobra disposição para o combate. Não existe clássico sem marcação, já diz PVC.

Convido aos amigos a acompanharem minha nova coluna na Trivela: Futebol Alpino traz as informações da bola que rola na Áustria e na Suíça.

Forte abraço!

http://jornalismoesporteclube.blogspot.com
http://febremundialista.blogspot.com
www.olheiros.net

BlogBlogs.Com.Br