segunda-feira, 26 de maio de 2008

O dia em que a Ferrari falhou

Por: Rafael Zito

Domingo, 9h da manhã, horário de Brasília. O Grande Prêmio de Mônaco estava prestes a começar e, depois de muito tempo, com um brasileiro na pole position. Felipe Massa foi o mais rápido nos treinos e conseguiu conquistar o direito de largar na frente nas ruas do prncipado. Em Mônaco, largando em primeiro, sinônimo de vitória? Infelizmente para Massa, aquele domingo não era o seu dia.



O dia alvoreceu chuvoso e com a pista molhada a emoção fica redobrada. Assim que foi dada a partida, Massa se manteve na frente e o inglês Lewis Hamilton pulou para a segunda colocação, com o polonês Robert Kubica logo atrás. A corrida transcorria normalmente com o brasileiro abrindo vantagem para os demais. Porém, com o acidente envolvendo o escocês David Couthard, o Safety Car foi acionado e toda a vantagem que Massa conquistou desapareceu. Assim que foi retirado o carro de Couthard a corrida recomeçou com Massa novamente se destacando dos rivais, até que, após completar mais uma das 78 voltas o brasileiro perdeu o momento certo para frear o carro e passou reto, permitindo que Kubica tomasse a primeira colocação.



Mesmo assim, Massa continuava superior e reconquistou a liderança após os pits stops, porém, nessa parada a Ferrari alterou a estratégia do brasileiro, arriscando ao colocar muito combustível visando fazer apenas uma parada na GP. Esse erro rendeu ao Massa a perda da liderança para Hamilton. Quando a pista secou e todos estavam com pneus para pista seca, Massa foi novamente obrigado a ir para os boxes para trocar seus pneus intermediários, já que com os pneus que estava perdia 3 segundos por volta. Com essa nova parada, o brasileiro voltou atrás de Kubica e teve de se contentar com a terceira colocação. Desta vez não pode haver queixas sobre a atuação do brasileiro que teve um desempenho muito bom, no entanto, quem deixou muito a desejar foi a equipe Ferrari, privando o Massa de conquistar sua primeira vitória em Mônaco, GP mais charmoso do circuito.

Imagem:

www.globoesporte.com

Um comentário:

Lucas Renato disse...

o Fudencio, às vezes eu acho que eu sou o "do contra", mas não vejo como um erro da Ferrari, e sim de quem disse que ia chover em Monaco.

Aliás...assistir à corrida com aquelas gostosas observando é bom demais!!

Abraços!

BlogBlogs.Com.Br