quinta-feira, 8 de maio de 2008

Eu quero ver o gol!

Por: Sabrina Machado


Ontem, a Rede Globo comeu bola. Você, leitor, que não viu o jogo do São Paulo, obviamente não viu o gol do Adriano. Eu assisti ao jogo, mas também não vi o gol ao vivo, só o replay.

Tudo isso graças ao caso, ao caso... Vocês sabem do que estou falando.

Para quem está assistindo a um jogo de classificação da Libertadores, o mais importante naquele momento é o JOGO. Conversando com alguns amigos são-paulinos, percebi a revolta deles por não terem visto o gol. Viram a prisão!

Além da Rede Globo, o Flamengo deu uma bola fora, viu! Quem apostava que o América do México golearia o Mengo por 3 a 0 em pleno Maracanã? Só sei que agora os botafoguenses estão chorando de rir!

Acredito que o Fla entrou no clima de já ganhou, muito cedo. Festa para a despedida do Joel antes da partida, a vantagem conseguida no México, a presença de mais de 50 mil torcedores. Ou seja, o circo estava todo armado para as demonstrações de alegria, mas no fim, mais uma vez, não foi dessa vez.

Em Minas, o Cruzeiro não conseguiu a sua classificação perante o carrasco dos times brasileiros, Boca Juniors.

Para encerrar as partidas ‘brasileiras’ nas oitavas-de-final, o Santos joga hoje às 23h15 contra o Cúcuta na Colômbia. E apesar da vantagem do time da Vila por ter feito 2 a 0 no jogo de ida, o time está esperto por causa da eliminação do Flamengo.

O confronto já definido dos representantes brasileiros na Libertadores é o grande duelo dos tricolores: o Paulista contra o Carioca. Esses 180 minutos prometem serem eletrizantes, só espero não haver nenhum caso como o outro para atrapalhar os gols.

“Prestigiem” o momento do primeiro gol do São Paulo, abaixo o link para o vídeo:

Efe

5 comentários:

Rafael Zito disse...

Olá Sabrina... abordagem perfeita moça, parabens!!!

Infelizmente a Rede Globo acabou caindo no erro de explorar o sensacionalismo de uma prisão q jah durava horas em detrimento do jogo e consequentemente do gol do São Paulo.

Pra minha sorte tenho o Sportv e, indignado, fui puto pro quarto pra continuar vendo a partida.

Sobre esse assunto, o jornalista Juca Kfouri deixou uma frase interessante em seu blog, mas q serve pra outros momentos tb.

"É deprimente o que nós, jornalistas, somos capazes de fazer quando deixamos a curiosidade mórbida da opinião pública pautar o nosso comportamento".

Nós jornalistas não podemos dxar com q a "opinião pública" interfira na nossa linha editorial... o produto tem de ser produzido internamente, com um foco pra q depois chegue ao público q realmente se interessa pelo assunto... Não podemos nos intimidar com opinioes q soh querem depreciar nosso trabalho.

Victor disse...

É isso que dá ver jogo em emissora que se preocupa em mostrar seu camarote na hora do jogo.
Não sei aí em São Paulo, mas quando tem final, e do Flamengo principalmente é um saco.
Metem um tal de Ícaro de Paula que Deus me Livre.
Por sorte tudo quanto é bar daqui tem SporTV e dá para fugir dessa praga.

Eu não vi carreata

****

Esse Mengão só dá alegrias!
Que venha o São Paulo!

Paula Miguel disse...

Heeey, até eu quis ver o gol do São Paulo. Se a gente fosse mais esperto, estaria vendo na ESPN, mas enfim, Globo é Globo, rs.

Adorei o post, Sá, como sempre.
Beijo, Parmerinha com QUASE 22! =*

Paula Miguel disse...

ESPN = SporTV

André Augusto disse...

Infelizmente, é o mal do monopólio. E da total falta de senso de um negócio que é enfiado goela abaixo 23:55 hs do dia.

BlogBlogs.Com.Br