quinta-feira, 23 de agosto de 2007

É só a Libertadores que vale? Olha o preconceito!

Por: Sabrina Machado

Os fanáticos por futebol devem conhecer o atual campeão da Copa Sul-Americana, o “famoso” Pachuca, agora os leigos que assistem aos jogos se perguntando o que é impedimento ou tiro de meta, devem achar que Pachuca é alguma comida mexicana.

Sem preconceitos contra esta ou aquela equipe, mas a Copa Sul-Americana é importante. Vou tentar convencê-lo leitor. Ela reúne 30 times dos 10 países filiados à Conmebol, mais 3 da Concacaf e o atual campeão.

Sendo assim, não é um campeonato de verão, como tantos por aí. Este ano o Brasil está representado por equipes como São Paulo, Corinthians, Botafogo entre outras.

Agora chego ao ponto crucial, muitos desses times decidem poupar jogadores para o Campeonato Brasileiro, daí me pergunto: mas esse não é um campeonato com status internacional?

Eu sei que não é a Libertadores, mas para quem nunca ganhou o campeonato mais importante das Américas, deveria se contentar com a Sul-Americana.

Por isso, longe de mim, criticar o técnico do Sport Club Corinthians Paulista, mas ele realmente achou que iria conseguir um bom resultado contra o Botafogo sem o Vampeta? Ou será que ele acha que a Sul-Americana não é importante?

Sabrina é estudante de jornalismo e pretende dar uma visão feminina ao blog, ela ama futebol, principalmente quando não presencia nenhum tipo de preconceito por ser mulher.

3 comentários:

Rafael Zito disse...

BEM VINDA!!!

Um projeto q tem tudo para crescer e q contando com a sua presença tem tudo para acelerar esse processo!

Sobre o assunto que vc abordou, já sabe pensamos um pouco diferente.

A copa sul-americana eh uma competição fadada ao fracasso. Não dou mto tempo pra ela sair de circulação e se não sair, nuca terah os status de uma libertadores.

A Sul-Americana deveria ser disputada paralelamente a Libertadores. Qual seria o sentido entao de o brasileirao oferecer as 4 primeiras vagas pra libertadores e do 5o ao 12o para a sul-americana?

Pra finalizar, acredito q o Carpegiane fez o certo. O que vale é campeonato brasileiro e nao um torneio q tem prazo de validade.

Fora nossas opinioes opostas lhe parabenizo pelo belo texto e por ter aceitado o convite.

Lucas Renato disse...

Eu acho engraçado que algumas equipes no Campeonato Brasileiro falam que o objetivo é chegar na Sul-Americana. Passam dois meses falando que querem chegar a este torneio, pois não conseguiram a Libertadores e muito menos o título nacional. Pois bem. Aí o time consegue a vaga e, quando chega a competição, só tem time misto e time reserva. Pra quê chegar então nesse torneio? Pra ser eliminado logo de cara? Isso deve ser repensado.
Eu gosto da Sul Americana, apesar de a primeira fase ser composta por disputas nacionais.
Pô, já estamos cansados de Goiás enfrentando o Figueirense no Brasileirão. Aí vem a Sul-Americana e, com ela, mais Goiás x Figueirense e adjacências.

Felipe Simi disse...

Seja muito bem vinda, Sabrina!

Não pensava que, logo em seu 1º post, já trataria de um tema tão polêmico. Por isso, parabéns!

Quanto a minha opinião, prefiro resguardá-la, pois desconfio que o tempo - aquele mesmo fenômeno natural que transforma segundos de futebol em eternos momentos de magia - será o melhor juiz para a Copa Sul-Americana.

BlogBlogs.Com.Br